sexta-feira, 5 de abril de 2013

Origem do sobrenome Nogueira

Para começar esse texto, terei que descrever parte da história dos sobrenomes, e para não me alongar no artigo, escreverei especificamente sobre o que é um toponímico de forma bem resumida segundo a enciclopédia colaborativa online Wikipédia. Esse tipo de denominação, nada mais é que um sobrenome que descreve a origem geográfica de um clã, seja ela o nome de uma aldeia, vila, cidade, região, rio e etc. Lembre-se que:
  1. Nem todas as localidades que originaram tais famílias podem ainda existir;  Se conseguiram se manter, o nome original pode ter mudado com o tempo ou mesmo podem estar inabitadas há séculos. 
  2. Esteja ciente também que se uma pessoa tem o mesmo sobrenome, ela não é obrigatoriamente descendente do mesmo ramo que você, ou ainda que ela possui algum grau de parentesco com você.
__________________________________________________________________________
 Teorias

De acordo com pesquisas na internet, especialmente o Blog da Família Nogueira (http://bit.ly/1Dfnljc). O referido sobrenome é de origem toponímica, ou seja:
  • Ou surgiu quando alguém o tomou de uma vila/cidade, seja porque lá vivia, porque lá nasceu (e depois se mudou) ou porque de lá eram seus pais.
  • Ou os que possuem este nome de família o tomaram da árvore (que produz a noz), seja por comercializarem nozes ou simplesmente por que viviam próximos a uma região onde tal vegetação era predominante.
  • Ou ainda porque os antigos judeus europeus, ao se converterem ao cristianismo (forçadamente), devido as perseguições, adotavam sobrenomes típicos do país, para que assim 'se confundissem com os nativos'. Tudo era uma questão de sobrevivência em tempos difíceis.
Essa família possui origens muito antigas. Já existia quando Portugal ainda era o embrionário Condado Portucalense, feudo concedido pelo Rey D. Alfonso VI de León, Castilla y Galicia ao nobre francês D. Henrique de Borgonha (1066-1112), descendente de uma casa ducal, que o auxiliou na Reconquista da Península Ibérica (e também no combate aos mouros).
Segundo mais um artigo de Djamira Sá Almeida no WebArtigos (http://bit.ly/1EN2TY5), há uma lenda acerca da origem desta família. Os que receberam tal nome eram cristãos novos expulsos d'Israel que lutaram contra os infiéis, no tempo de Dª. Teresa de León, Condessa de Portucale, que os comparou com a árvore (Juglans regia) que produz a noz devido a virilidade e o físico forte dos membros desta linhagem. A condessa deu-lhes em 1125, o castelo de Alpreado e sucessivamente outros castelos de fronteira.
Mas a versão mais conhecida é a de que descendem de D. Mendo Paes Nogueira, sobrinho de D. Mendo Nogueira, Chevalier l'Ordre du Temple, em 1089. Seu solar é a torre de Nogueira, na ribeira do Rio Minho.
Há indícios de que a família Nogueira que veio para o Brasil, seja originária de um único tronco estabelecido no atual estado do Rio de Janeiro e também na região conhecida como Brás, bairro da Grande São Paulo, que tem este nome em homenagem ao seu fundador, o português José Brás, bandeirante do século XVII . Desta região do Brás, ponto de parada dos viajantes, a família Nogueira se desmembrou, possivelmente uma parte desbravou a região de Bragança Paulista e a outra a região de Itapetininga, e a partir dai ramificou-se mais e mais.
Esses Nogueiras dispersaram-se para o Baependi nas Minas Gerais e fixaram residências às margens do Rio São Francisco, no estado do Ceará e da Bahia, e também no estado do Paraná, do Maranhão, do Pará e de Pernambuco onde muitos casamentos aconteceram entre as famílias Sá, Pereira e Araújo.
Esta família desbravava terras, vendendo-as aos primeiros moradores e também as doavam para formar freguesias. Por isso, historicamente, os Nogueira, assim como outras antigas famílias (Almeida, Bueno, Abreu, Correia, etc.) ficaram conhecidas como fundadoras de povoados e construtoras de vilas brasileiras.
Há um ramo desta família, do qual descendo que escreverei em separado futuramente.
__________________________________________________________________________


Caro leitor, o deixo admirando esta suntuosa nogueira com mais de cinco metros de perímetro de tronco, fotografada pelas lentes de António Monteiro nos confins da Freguesia de Vila Chã, Trás-os-Montes, Portugal. Confira mais fotos em Árvores de Portugal http://bit.ly/16Cs132 :)

Um comentário:

  1. Shalom. Meu wats saap. 47)8421-2565
    Sou Ederson Bor Nogueira , Blumenau SC
    Quero conhecer mais a família Nogueira , afinal somos um só tronco !

    ResponderExcluir