sábado, 14 de dezembro de 2013

Os Souza Miranda (do Amazonas)

Dando continuidade ao compartilhamento de informações sobre famílias "recentes" que descendo.
Estou cada vez mais me aproximando dos dias atuais, porém optarei por não colocar certas informações por questão de segurança (geração dos meus pais, tios, primos).
Francisco Alves de Miranda (1906-1947) se casou com Francisca Freitas Souza (1914-1947), devido ao matrimônio Francisca passou a assinar Francisca de Souza Miranda. O casal Francisco-Francisca gerou a seguinte prole:

1. Euquias de Souza Miranda (1930-?). Era conhecido como "Tio Miranda";

2. Professora Abiail de Souza Miranda (1931-2012) foi casada com Raimundo de Oliveira Santos (1942-2014). Devido ao matrimônio passou a assinar como Abiail Miranda dos Santos. Era conhecida como "Bibi" por familiares;

3. Lia de Souza Miranda (1932-1997) foi casada com Jonas Veras da Silva (1940-2013). Devido ao matrimônio passou a assinar como Lia Miranda da Silva. O casal Jonas-Lia são meus avos maternos;

4. Betty de Souza Miranda (1934-?) foi casada com Tiago;

5. Professora Milca de Souza Miranda (1937-) foi casada com Pedro Carneiro Lopes (1935-?). Devido ao matrimônio passou a assinar como Milca Miranda Lopes;

6. Abigail de Souza Miranda (1938-2014) foi casada em primeiras núpcias com Raimundo Pereira Gomes (possui descendência apenas desse matrimônio), em segundas núpcias com Normando e em terceiras núpcias com Antônio. Conhecia como "Bigá" por familiares. Devido aos três matrimônios, desconheço qual foi o último nome de casada de Abigail;

Segundo informações da família, todos os filhos do casal Francisco-Francisca são naturais do município amazonense Manaquiri. Apenas a família da Professora Abiail fixou residência no município amazonense Nova Olinda do Norte, todos os demais constituíram família na capital do estado, Manaus.

Observação: O marido da Professora Milca, Pedro Carneiro Lopes (1935-?) era irmão de Hermes Carneiro Lopes (1936-2009), que era marido de Ednelza Veras da Silva (1945-), que por sua vez é irmã do seu cunhado Jonas Veras da Silva (1940-2014).
Pedro e Hermes são filhos de José Carneiro da Rocha (filho de Rodolfo Carneiro da Rocha e Maria Alves de Melo) e de Judith Lopes Tavares (filha de Feliciano Lopes Tavares e Maria Soares de Souza).

sábado, 7 de dezembro de 2013

Os Veras da Silva (do Amazonas)

Dando continuidade ao compartilhamento de informações sobre famílias "recentes" que descendo.
Estou cada vez mais me aproximando dos dias atuais, porém optarei por não colocar certas informações por questão de segurança.
Francisco Nascimento da Silva (1914-1960) se casou com Moacir de Araújo Veras (1921-2012), devido ao matrimônio Moacir passou a assinar Moacir Veras da Silva. O casal Francisco-Moacir (meus bisavos) gerou a seguinte prole:

1. Jonas Veras da Silva (1940-2013) se casou com Lia de Souza Miranda (1932-1997). São meus avos maternos.
2. Ednelza Veras da Silva (1945-) foi casada com Hermes Carneiro Lopes (1936-2009). Devido ao matrimônio passou a assinar como Ednelza da Silva Lopes;
3. Juvaldir Veras da Silva (1949-) se casou com Francisca Alencar de Souza (1953-), devido ao matrimônio passou a assinar Francisca Souza da Silva;
4. Josemar Veras da Silva (1952-1975);
5. Elcir Veras da Silva (1953-). Conhecida como "Nega" por familiares;
6. Josenias Veras da Silva (1955-) se casou com Zênia Maria Paiva da Silva, natural do Ceará. Conhecido como "Lolado" por familiares;
7. Joaquim Veras da Silva se casou com Amélia. Não sei se ainda estão vivos;

Segundo informações da família, todos os filhos do casal Francisco-Moacir são naturais do município amazonense Manaquiri e migraram para a capital do estado, Manaus entre a década de 1950 e 1960.
Se houver alguém que queria compartilhar informações, sinta-se a vontade para comentar.

P.S.: Esse texto foi alterado num momento futuro para atualizar informações.