sábado, 30 de novembro de 2013

Os Freitas Souza (do Amazonas)

Dando continuidade ao compartilhamento de informações sobre famílias "recentes" que descendo.
José Rufino de Souza se casou com Albertina de Freitas.
Segundo informações da família, José era cearense e Albertina era natural do município amazonense Manaquiri e tinha um irmão chamado Felipe de Freitas.
O casal José-Albertina (meus trisavos) gerou a seguinte prole:

1. Francisca Freitas Souza (1914-1947) que foi casada com Francisco Alves de Miranda (1906-1947). Devido ao casamento passou assinar como Francisca de Souza Miranda;
2. Genésio Freitas Souza, migrou para Roraima e se casou com a amazonense Joana;
3. Joel Freitas Souza, migrou para Roraima e se casou com Maria Nazaré;
4. Regina Freitas Souza;
5. Úrsula Freitas Souza;
6. Jaci Freitas Souza;
7. Edite Freitas Souza;

José faleceu em Mucajaí, Roraima, foi enterrado perto de uma mangueira, muito provavelmente no que viria a ser o Antigo Cemitério Municipal de Mucajaí. Enquanto que a sua esposa veio a falecer anos depois na capital do estado roraimense.
Talvez o cearense José Rufino de Souza tenha vindo para a Amazônia durante o Ciclo da Borracha.
José, a esposa e os dois filhos solteiros migraram para outro estado devido a possibilidade de ter melhores oportunidades de vida.
José possui uma via com o seu nome no bairro Centro de Mucajaí - RR.
Se houver alguém que queria compartilhar informações, sinta-se a vontade para comentar. 

P.S.: Esse texto foi alterado num momento futuro para atualizar informações. 

domingo, 17 de novembro de 2013

Os Araújo Veras (do Amazonas)

Dando continuidade ao compartilhamento de informações sobre famílias "recentes" que descendo.
Vicente de Araújo Veras se casou com Maria Mercedes.
Segundo informações da família, Vicente era cearense. Muito provavelmente veio para o Amazonas devido ao Ciclo da Borracha.
Maria Mercedes, segundo informações da família era piauense filha de um pernambucano, Alípio (Fortes) Castelo Branco. Ainda tenho dúvidas sobre esse meu tetravô Alípio.
O casal Vicente-Maria Mercedes (meus trisavos) gerou os seguintes filhos:

1. Raimundo de Araújo Veras;
2. Francisco de Araújo Veras;
3. Salvador de Araújo Veras;
4. Hélio de Araújo Veras;
5. Antônio de Araújo Veras;
6. Geraldo de Araújo Veras;
7. Zenaide de Araújo Veras;
8. Moacir de Araújo Veras (1921-2012) foi casada com Francisco Nascimento da Silva (1914-1960). Moacir nasceu na Comunidade Ribeirinha do Lago Janauacá em Manacapuru - AM. Uns dos meus bisavos.

Confesso que até hoje acho um pouco confusa e curiosa a combinação de sobrenomes desse meu tetravô pernambucano, Alípio Fortes Castelo Branco.
Talvez Moacir tenha tido mais irmãos (ou não).
Se houver alguém que queria compartilhar informações, sinta-se a vontade para comentar. 

sábado, 9 de novembro de 2013

Os Alves de Miranda (do Amazonas)

Dando continuidade ao compartilhamento de informações sobre famílias "recentes" que descendo.
Manuel Martins de Miranda se casou com Maria Alves.
Segundo informações, os dois eram naturais do município amazonense Juruá.
O casal Manuel -Maria (meus trisavos) gerou os seguintes filhos (por mim conhecidos até então):

1. Francisca Alves de Miranda;
2. Francisco Alves de Miranda (1906-1947) se casou com Francisca Freitas Souza (1914-1947). Francisco era natural do município amazonense Manaquiri, e muito provavelmente a sua irmã também.

Não há muito o que escrever sobre esse ramo, tendo em vista que sei pouquíssimo. Tudo que sei é que os pais de Francisco faleceram quando este ainda era menino, e que fora criado por um casal amigo de seus pais (talvez tenham sido seus padrinhos): Antônio Souto (espanhol) e Antônia Vieira (brasileira).

Se houver alguém que queria compartilhar informações, sinta-se a vontade para comentar.